11 de jun de 2009

É o que todas pessoas que fazem downloads ilegais são.


Os downloads tornaram-se tão fáceis e acessíveis que as pessoas já não têm noção de que fazê-lo equivale a assaltar um banco ou a roubar uma loja.

Claro que não temos o trabalho de dar um tiro a alguém, de mandar uns quantos berros ameaçadores e de partir vidros com tijolos; Ou, para os golpes mais complexos, desviar-se de lasers que activam sistemas de alarme, tentar decifrar combinações de cofres e planear fugas inacreditáveis.

É simples, rápido e sem consequências directas.
Mas não deixa de ser roubar.



Eu própria o faço.
Até porque há certos álbuns e jogos que "saco" que não merecem um cêntimo da minha pobre carteira.
Mas há outros que me fazem sentir mal. Fazem-me sentir uma pessoa horrível.

Jogos que levaram meses a serem feitos por alguém que está a tentar pôr comida na mesa à custa deles.
Álbuns de bandas portuguesas extraordinárias, que merecem todo o nosso apoio e respeito, e que precisam de ser destacadas pela sua qualidade.

Admito:
Sou uma ladra.
Mas sou uma ladra consciente.
E vou pôr fim a isto quando tiver o meu próprio salário.
Juro.

3 *:

Milène disse...

E eu estou contigo, Framboise!
Bolas sempre que ouço as minhas bandas preferidas e sei que foi tdo 'sacado' :S
Eu não sou directamente uma ladra mas tenho quem é o faça por mim...
Meu Deus, sou cúmplice :O

Milène disse...

Somos tão tolas, graças a Deus! :D

Milène disse...

Agora a sério, este post foi muito consciente, sim senhor!
És uma menina muito responsável, framboise (:

Lulz Catz!