3 de jan de 2010

E quando digo tenho, quero dizer que é mesmo meu!

Tenho o meu nome nos papéis.
Quando chega a altura da inspecção, recebo cartas com o MEU nome no destinatário.
So, I’m not kidding ;)


Hoje fui dar uma volta com ele. Não ia ao volante, mas foi como se tivesse ido. Amei tudo naquele carro!

Os bancos fofos e confortáveis…

O relógio analógico, em vez do comum digital…

Os pedais cascados e a chiarem do uso…

O tejadilho de vidro, pronto a ser aberto em dias de calor…

A buzina mais hilariante e ternurenta de sempre (parece o carro do Pateta hihi)

O arranque sofrido e sonoro, que me fez rir à farta…


Que posso dizer mais? É o meu carro!
E é o mais lindo do mundo.

Esta já não é nova, mas aplica-se ao contexto

8 *:

Pretonoamarelo disse...

ahahah um renautl 5 é muito bom mesmo


o nosso primeiro carro é sempre o nosso primeiro carro *.*

bj

Gema disse...

Um Renault 5... que saudades!
Eu tb estou ansiosa de ter o 1º carrinho, nao vejo a hora weeeeee!
Bjks

S* disse...

Deve ser uma optima sensaçao. TEU.

afectado disse...

o nosso carro é sempre o melhor ;)

Olhos Dourados disse...

Melhor que nada!

Cat disse...

Ooh, não me digas isso que eu ADORAVA ter um R5! E não estou a ser irónica, adoro esses carros antigos que andam pouco e é preciso puxar o ar (o teu ainda é desses?). Acho que tudo começou porque um ex-namorado meu tinha um renault 5, velhissimo mas lindo e, a partir daí, passei a adorar :D

Framboise disse...

Cat, não faço ideia o que é isso de puxar o ar, mas o carrito farta-se de ir abaixo nas subidas xD É hilariante

Dexter disse...

Eu tenho um Renault 19 do piorzinho que há. Já nem tem cor, sobreaquece, e devido a um problema de embraiagem, anda sozinho! Verdade!

Lulz Catz!