18 de nov de 2009

(chegámos, eu e a Mi)

Que palavras doces, por vezes, não significam nada.

Não passam de frases feitas, que saem da boca das pessoas apenas por conveniência, sem sentimento algum.

E com isto tudo está-me a apetecer agarrar no pote de mel e parti-lo no meio do chão. Alguém que limpe, a mim não me apetece.

(Tudo metafórico, claro. Meu rico mel puro, de colmeias rústicas, nunca te faria uma coisa dessas)

 

Eheh vais com os porcos…

3 *:

Lady me disse...

Se não valem a pena, mandam-se pro c******! (:

Framboise disse...

Eu queria ver se não chegava a tanto :/
Mas a sugestão fica registada :P

Milène disse...

E se eles acabarem por ir dar uma volta ao bilhar grande eles é que perdem e não nós! :D

Lulz Catz!